Renda Variável

Renda variável diz respeito às aplicações das quais não é possível determinar, no momento da aplicação, o quanto de retorno que o investidor poderá ter. É possível obter ganhos altos no curto prazo. Por outro lado, é possível ter perdas significativas do dinheiro investido.


Renda variável está diretamente relacionado com ações, fundos de investimentos em ações e todo ativo que tem mudanças significativas de preço, para mais ou para menos, e que não são remunerados a uma taxa fixa, tendo seu preço livremente negociado no mercado. Outros exemplos de renda variável são: moedas estrangeiras, ouro e commodities.


Investir em ativos de renda variável implica em correr mais riscos em troca de retornos maiores e, muitas vezes, em um menor período de tempo. Esse tipo de investimento NÃO é aconselhável para as pessoas que não aceitam correr riscos, pois é possível perder dinheiro com eles. Também, devemos deixar claro que investir em ações não é aposta e nenhum tipo de sorte e sim de conhecimento e consentimento, pois requer uma análise cuidadosa da macroeconômica mundial, do ativo do qual se está investindo e do momento histórico do preço do ativo.


Portanto, para se investir em Renda Variável, o investidor deverá ter conhecimento do que está fazendo, quais as regras do mercado, quais os rumos que a economia terá futuramente e quais serão as perspectivas das empresas ou dos ativos em questão. Aqui no Ynvestimentos, você aprenderá como funciona os principais instrumentos de renda variável no Brasil, suas regras, riscos, custos e estratégias. Confira:



biticon

Bitcoin

1. O que é? Bitcoin nada mais é do que uma moeda virtual. Essa é a melhor definição para entender o que é o Bitcoin. Pense como se fosse literalmente uma moeda: Existe uma...

acucar-cristal

Açúcar Cristal

Açúcar Cristal 1. O que é? É possível negociar contratos futuros de Açúcar na BM&F. Este tipo de contrato começou a ser negociado em 28 de Janeiro de 2013, sendo o ativo-objeto o Açúcar...

boi-gordo

Boi Gordo

1. O que é? É possível negociar contratos futuros de Boi Gordo na BM&F. O ativo-objeto, isto é, o ativo negociado, é um animal bovino (Boi), com as seguintes características: Ele deve ser um...

cafe

Café Arábica

1. O que é? É possível negociar contratos futuros de Café Arábica na BM&F. O ativo-objeto é o Café Arábica, isto é, o café cru, em grão, de produção brasileira, coffea arabica, tipo 4-25...

petroleo

Petróleo

1. O que é? Em 21 de Junho de 2013 a BM&F disponibilizou a negociação de contratos futuros de Petróleo, sendo a Bolsa de origem a CME Group (Chicago Mercantile Exchange). O ativo-objeto (ativo...

etanol

Etanol

1. O que é? É possível negociar contratos futuros de Etanol na BM&F. O ativo-objeto, isto é, o ativo negociado é o Etanol hidratado combustível, segundo as especificações da Agência Nacional de Petróleo (ANP)....

milho

Milho

1. O que é? É possível negociar contratos futuros de Milho na BM&F. O início da negociação desse tipo de contrato começou em 19 de Setembro de 2008. O ativo-objeto, isto é, o ativo...

soja

Soja

1. O que é? É possível negociar contratos futuros de Soja na BM&F. O ativo-objeto, isto é, o ativo negociado, é a soja a granel tipo exportação, com as seguintes características: 14% de umidade,...

ouro

Ouro

1. O que é? O ouro é um dos metais preciosos mais conhecidos pelo homem. Desde a antiguidade, o homem trabalha e usa esse metal para vários fins, como por exemplo, a indústria, eletrônica,...

swap-cambial

Swap Cambial

1. O que é? Swap significa troca. Em finanças, operações de swap envolvem a troca de posições quanto ao risco e principalmente quanto a rentabilidade entre os investidores. O contrato de Swap pode ter...