banner-meus-ynvestimentos

Bitcoin

biticon

1. O que é?

Bitcoin nada mais é do que uma moeda virtual. Essa é a melhor definição para entender o que é o Bitcoin. Pense como se fosse literalmente uma moeda: Existe uma paridade em relação as outras moedas, você pode carregar ela na sua carteira (ou celular), transferir recursos, comprar coisas e fazer tudo o que uma moeda convencional faz.

Entretanto, o Bitcoin traz consigo algumas facilidades fantásticas para o mundo moderno, revolucionando o dinheiro como é conhecido hoje. Por exemplo, ele não é emitido por nenhum banco central e também não possui lastro. Você pode transferir recursos para alguém, em qualquer lugar do mundo, anonimamente, sem intermediários e com um custo zero ou próximo disso. Ou, quem sabe, pode transformar seus Reais em Dólar, sem passar por nenhum banco, sem pagar IOF e comprando a uma taxa justa e não ao dólar turismo.

Sua criação foi possível graças a uma tecnologia digital chamada Blockchain. Não se sabe ao certo quem criou o Bitcoin. Alguns dizem que foi um japonês chamado Satoshi Nakamoto. Outros, dizem que foi um grupo de programadores e desenvolvedores. Independente de quem tenha criado a criptomoeda, alguns dizem que esse é a maior revolução financeira da nossa era, totalmente desruptiva, com um impacto social e econômico gigantesco no mundo todo.

O Bitcoin não é a única criptomoeda, mas com certeza é a mais popular. Existem outras criptomoedas que estão se popularizando tão rápido quanto o Bitcoin, como por exemplo, a Ethereum, Dash, Litecoin, Dash, etc. Caso queira saber o valor da moeda e seu valor de mercado, basta acessar o site a seguir:

https://coinmarketcap.com/


2. Como funciona?

Todas as transações são criptografadas e gravadas na Blockhain (cadeia de blocos). A Blockchain nada mais é do que uma estrutura de banco de dados distribuídas onde todas as transações são registradas e gravadas, ocorrendo em forma de nós, de pessoa para pessoa, onde seus dados são compartilhados com todos os participantes. Para entender mais facilmente, pense na Blockchain como um sistema de contabilidade que grava toda e qualquer movimentação dentro de um livro, que jamais poderá ser apagado. Como não existe um único banco de dados, os registros são preservados em milhões de computadores pessoais, garantindo ainda mais segurança contra falsificações.

Quando uma transação é solicitada, a blockchain aciona uma rede de confirmações para validar essa transação. Isso pode levar de alguns segundos até poucas horas. Cada usuário independente que faz essas confirmações é chamado de minerador (fazendo uma alusão aos mineradores de ouro). Quando este consegue validar uma transação ele é recompensado com uma fração fresquinha de Bitcoins gerados.

Caso algum espertinho tente mudar o código da transação na blockchain, essa será negada por outros validadores, sendo esse código invalidado e a transferência não realizada. Também não é possível gastar os Bitcoins mais de uma vez, pela mesma razão.


3. Carteiras (Wallets)

Sem uma carteira, você não pode receber nem enviar Bitcoins. Como o próprio nome já diz, uma Carteira nada mais é do que o local onde você vai carregar seus Bitcoins. Antes de adquirir Bitcoins, você deverá comprar, criar ou fazer o download. O processo é bem simples.

Existem alguns tipos diferentes de carteiras, a saber:

Carteiras online

Elas podem ser acessadas de qualquer lugar. O processo de criação é simples e rápido. Você poderá carregar seus Bitcoins e acessar de qualquer lugar, desde que esteja online.

Exemplo: https://blockchain.info/pt/wallet/

Carteiras Hardware

Um pouco inconveniente na agilidade de transferência, as carteiras hardware carregam seus Bitcoins em dispositivos, como um pen drive, por exemplo. Fica difícil transferir quando você carrega seus Bitcoins em um hardware, mas, em compensação, a segurança é maior.

Exemplo: https://xapo.com/pt/

Carteiras Software

Carteiras criadas a partir de um programa que você baixa no seu PC, telefone ou tablet. É uma das mais recomendadas formas de se guardar Bitcoins.

Exemplo: https://mycelium.com/

Carteiras em papel

São carteiras com chaves privadas impressa em um pedaço de papel, geralmente de um computador off-line. Talvez seja uma das maneiras mais seguras de se guardar Bitcoin, mas talvez inconveniente para transferência e agilidade no pagamento e recebimento.

Exemplo: https://www.bitaddress.org/

!ATENÇÃO! Não esqueça de anotar sua carteira e sua senha em algum papel e guardar isso com muito cuidado. Se por um acaso você esquecer a senha ou perder o número da sua carteira, você perderá seus Bitcoins para sempre!


4. Como conseguir Bitcoins?

Existem algumas maneiras de se conseguir Bitcoins. São elas:

Comprar

A melhor maneira de adquirir Bitcoins é comprar. Já existem diversas exchanges (ou corretoras) que compram e vendem o Bitcoin. O processo é muito parecido com uma corretora de valores comum. Você deverá abrir um cadastro, transferir os recursos e comprar a quantidade que desejar. Como o Bitcoin é fracionado, ou seja, 1 Bitcoin poderá ser divisível, é possível comprar parte de um Bitcoin. A cada compra/venda, a corretora vai cobrar um fee, que varia para cada exchange. Essa é a maneira mais rápida e fácil de se adquirir Bitcoins.

As Exchanges mais famosas são:

- Foxbit (Brasil) – https://foxbit.exchange

- Bitcointoyou (Brasil) – https://www.bitcointoyou.com

- Mercado Bitcoin (Brasil) – https://www.mercadobitcoin.com.br

- NegocieCoins (Brasil) – http://www.negociecoins.com.br

- flowBTC (Brasil) – https://trader.flowbtc.com

- Arena Bitcoin (Brasil) – http://www.arenabitcoin.com.br

- Criptocâmbio (Brasil) – http://criptocambio.com.br

- Paxful (USA) – https://paxful.com

- Coinbase (USA) – https://www.coinbase.com

Faucet

É possível adquirir Bitcoins gratuitamente através dos faucets. Existem muitos sites especializados nessa modalidade, onde você fica vendo propagandas, preenchendo captchas, clicando em propagandas em troca de frações de Bitcoins. Ou seja, você é pago por realizar algumas tarefas.

Embora seja tentador e parecer fácil, a modalidade dos faucets pode não valer a pena. Tudo porque a relação de tempo x ganho não compensa. Você tem que ficar o dia todo visitando sites, clicando em ads, resolvendo captchas para ganhar míseros centavos em Bitcoins.

Geralmente, esses sites te pagam em satoshis. A menor fração de um Bitcoin é chamado de satoshi. Um Bitcoin possui cem milhões de satoshis (0,00000001 BTC). Logo, não dá para adquirir uma quantia considerável em Bitcoins dessa maneira. Mas se quiser tentar, listamos aqui alguns sites:

FreeBitcoin

BTCclicks

https://claimbtc.com/

http://freebtcmine.com/

Vender um produto

Você pode conseguir Bitcoins se vender algum produto e aceitar Bitcoin como pagamento. É simples, rápido e você pode começar a criar seu patrimônio em Bitcoin. Para isso, basta criar uma carteira e aceitar Bitcoins como pagamentos.

Bitcoin Ads

Outra forma de conseguir Bitcoin é colocar propaganda em seu site. Funciona da mesma maneira que o google adsense, só que a diferença é que você é pago em Bitcoin e não em dinheiro. Aliás, conseguir ser pago pelo google adsense não é uma tarefa muito fácil. Se você pedir o resgate para o Brasil, o banco vai te cobrar uma taxa bem alta, corroendo parte dos seus ganhos.

Já com Bitcoin ads, a transferência muitas vezes é gratuita! Assim que você atingir um determinado limite em Bitcoin, você pede a transferência para a sua carteira. Simples assim. Listamos alguns sites muito bons que pagam para você colocar os anúncios em seu site. Nós mesmo aqui do Ynvestimentos temos esse tipo de anúncio, na barra lateral à esquerda.

https://a-ads.com/

https://adverti.io/

www.bee-ads.com

https://bitmedia.io/

https://adbit.biz


5. Vantagens

  • Facilidade. Não existem fronteiras quando falamos de Bitcoin. Você pode enviar recursos de qualquer lugar para qualquer pessoa, a qualquer momento, em um curto espaço de tempo, de qualquer valor e com total segurança;
  • Redução de Custos. Hoje, transferências internacionais custam verdadeiras atrocidades se feitas pelos bancos. A redução de custos é enorme em se tratando de Bitcoins. Primeiro, porque você consegue comprar qualquer moeda ao seu preço justo, sem as taxas abusivas das casas de câmbio e sem pagar imposto. Transferir Bitcoins há custos, mas eles são infinitamente menores do que os serviços tradicionais já existentes no mercado;

  • Segurança e Privacidade. A Blockchain é segura. Suas transações não ficam registradas no seu nome, e sim na sua carteira (e consequentemente na Blockchain). Ou seja, não é necessário dar seu nome ou qualquer informação sua ao transferir recursos em Bitcoin. Logo, não tem como o governo confiscar seu Bitcoin, nem sua ex esposa ficar com metade deles após um divórcio, muito menos um ladrão roubar (a menos que ele roube seus dados e senha e transfira para uma outra carteira).   

6. Desvantagens

  • Volatilidade. Uma das maiores desvantagens do Bitcoin é a sua oscilação de preço, tornando um ativo de risco e variável. Sua oscilação se dá basicamente pela oferta e procura e pela sua aceitação. Quanto mais as pessoas e países aceitarem a moeda, mais ela vai se valorizar;
  • Sem regulamentação. Isso pode ser tanto uma vantagem como uma desvantagem, mas se por algum motivo houver alguma catástrofe não mapeada na Blockchain, dificilmente haverá um plano de contingência para realizar as transações;

  • Pouca aceitação. Embora essa moeda digital esteja ficando popular, ela ainda é pouco conhecida e aceitável. Hoje é possível ter um cartão de crédito alimentados e pagos com Bitcoin. Ou seja, você pode fazer qualquer pagamento com um cartão de crédito, porém, diretamente, são poucas as pessoas e estabelecimentos que aceitam o Bitcoin como moeda de troca.

Você também poderá gostar...