banner-meus-ynvestimentos

Índice Small Cap e MidLarge Cap – SMLL / MLCX

Índice Small Cap e MidLarge Cap – SMLL / MLCX

small-cap-midlarge-cap

Small Caps são as empresas listadas na Bovespa de menor porte. Geralmente, possuem um menor volume de negociação, chegando às vezes a passar alguns dias sem serem negociados, possuem maiores riscos, principalmente pela falta de liquidez e, muitas vezes, os preços das ações são cotadas na casa dos centavos. Entretanto, isso não significa que elas são de qualidade inferior, podendo muitas vezes ter um potencial de crescimento atrativo.

MidLarge Cap são as empresas listadas na Bovespa que possuem maior capitalização.

O Índice Small Cap (SMLL) medem o retorno de uma carteira compostas por empresas de menor capitalização. O Índice MidLarge Cap mede o retorno de uma carteira composta por empresas de maior capitalização. As ações são selecionadas de acordo com sua liquidez e ponderadas na carteira pelo valor de mercado.

Para fazerem parte do Índice das MidLarge Cap, as empresas, em conjunto, precisam representar 85% do valor de mercado da Bovespa. As empresas que não estiverem incluídas nessa classificação vão fazer parte do Índice Small Cap. As empresas emissoras de BDRs ou em recuperação judicial ou falência não estão inclusas nesse universo.

Uma ação poderá ser incluída nos índices se atenderem aos seguintes critérios com base nos doze meses anteriores:

  • Inclusão em uma relação de ações cujos índices de negociabilidade somados representem 99% do valor acumulado de todos os índices individuais;
  • Participação em termos de presença em pregão igual ou superior a 95% no período.

A ação será excluída da carteira se deixar de atender um dos critérios acima. Se a ação de uma empresa estiver sendo negociada na bolsa com menos de 12 meses, ela será elegível se tiver, no mínimo, seis meses de negociação, e se apresentarem no mínimo 95% de presença em pregão nos últimos seis meses do período de análise.

As companhias que estiverem sob regime de recuperação judicial, processo falimentar, situação especial ou, ainda, que estiverem sujeitas a prolongado período de suspensão de negociação, não integrarão o Índice, ou, se já estiverem inclusos, serão excluídos.

As carteiras teóricas dos índices têm uma vigência de quatro meses, para os períodos de janeiro a abril, maio a agosto e setembro a dezembro, entrando em vigor na primeira segunda-feira do mês inicial. Ao final de cada quatro meses as carteiras são reavaliadas.

São exemplos de ações que fazem parte do Índice Small Cap: Minerva, Arezzo, Positivo, BR Brokers, dentre outras.

São exemplos de ações que fazem parte do Índice MidLarge Cap: Ambev, Multiplus, Vale, Petrobrás, Oi, JBS, dentre outras.

Você também poderá gostar...