banner-meus-ynvestimentos

Índice IBRX

Índice IBRX

indice-ibrx

IBRX

O IBRX, ou Índice Brasil 100, é um índice de preços que mede o retorno de uma carteira teórica composta pelas 100 ações mais negociadas na Bovespa, tanto de número de negócios quanto em volume financeiro. Sua divulgação iniciou-se em 02/01/1997. O peso específico de cada ação no índice poderá ser alterado ao longo da vigência da carteira, em função da evolução do preço de cada ação ou pela distribuição de proventos.

A carteira teórica do índice tem vigência de 4 meses, valendo para os períodos de janeiro a abril, maio a agosto e setembro a dezembro. Ao final de cada 4 meses, a carteira é reavaliada, utilizando-se alguns critérios a seguir:

  • Estarem entre as 100 melhores classificadas quanto ao seu índice de negociabilidade, apurados nos doze meses anteriores à reavaliação;
  • Terem sido negociadas em pelo menos 70% dos pregões ocorridos nos doze meses anteriores à formação da carteira.

Se uma ação deixar de atender a esses critérios ela será excluída do índice. Se a empresa entrar em regime de recuperação judicial, processo de falência, ou se a negociação das ações estiver em um período prolongado de suspensão, elas também não farão mais parte do índice.

A BOVESPA calcula o IBrX em tempo real, considerando os preços dos últimos negócios efetuados no mercado à vista (lote-padrão) das ações que fazem parte do índice.

São exemplos de ações que fazem parte do IBrX: Natura, Petrobrás, Vale, Gerdau, Fibria, dentre muitas outras.


IBRX-50

O IBRX-50 é muito parecido com o IBRX, porém, ao invés de considerar 100 ações, só são utilizadas 50. Elas são selecionadas levando em consideração a liquidez, tanto em nº de negócios quanto o volume financeiro negociado. Sua divulgação iniciou-se em 02/01/2003. Suas características são praticamente idênticas ao IBRX, mudando apenas a quantidade de ações compostas no índice.

O IBRX-50 apresenta algumas vantagens perante o IBRX, pois este índice foi desenhado para ser um referencial para os investidores e administradores de carteira, e também para possibilitar o lançamento de derivativos (futuros, opções sobre futuro e opções sobre índice).

Para fazerem parte do IBRX-50, as ações precisam atender aos critérios a seguir:

  • Ser uma das 50 ações com maior índice de negociabilidade apurados nos doze meses anteriores à reavaliação;
  • Ter sido negociada em pelo menos 80% dos pregões ocorridos nos doze meses anteriores à formação da carteira.

Se uma ação deixar de atender aos critérios exigidos, ela será excluída do índice. As demais características são as mesmas do IBRX.

São exemplos de ações que fazem parte do IBrX-50: Bradesco, Cielo, Usiminas, Vale, Petrobrás, dentre muitas outras.

Índice IBRX

Você também poderá gostar...