banner-meus-ynvestimentos

Fundos Off-Shore

fundos-off-shore

1. O que é?

Os fundos Off-Shore investem recursos no exterior, sendo sua sede formalmente localizada no exterior, porém o gestor localiza-se no Brasil. Logo, esses fundos são destinados a investidores que possuem seus recursos no estrangeiro, e que desejam ter uma boa oportunidade de remuneração do seu dinheiro referenciado no risco Brasil. Através desses fundos, é possível investir em ativos estrangeiros, como ações americanas, títulos do governo americano, ações europeias e até ativos brasileiros negociados no exterior.

Investir nesse tipo de fundo é a maneira mais fácil de investir em ativos no exterior, com custo baixo, sendo uma ótima oportunidade de diversificação, pois com uma carteira grande é possível comprar diversas ações americanas, como ações da Apple, Coca-Cola, etc. Além disso, o risco cambial também faz parte desse tipo de aplicação, pois como uma boa parte dos investimentos são feitos em dólares ou em euro, a cotação da moeda pode tirar parte da rentabilidade, ou aumenta-la.

Como são formalmente localizadas no exterior, os fundos Off-Shore não estão submetidos às regras da maioria dos fundos nacionais, somente à regra de câmbio do Banco Central. Entretanto, os fundos Off-Shore estão sujeitos às leis de seu país sede. Por exemplo, em alguns países, os custos e as taxas de administração são maiores se comparados aos demais fundos nacionais, pois a taxa de custódia cobrada por um banco no exterior é maior do que no Brasil. Também é possível ter, em alguns países, impostos menores e até mesmo a isenção total de impostos.

Existem 3 tipos de fundos Off-Shore:

Off-Shore renda fixa

Investem seus recursos em títulos de renda fixa no exterior, como por exemplo, Bonds e títulos do Tesouro americano.

Off-Shore renda variável

Sua carteira é composta, em sua grande maioria, por ações na Bolsa de Valores de outros países e outros títulos de renda variável.

Off-Shore Mistos

Podem investor tanto em renda fixa quanto renda variável.


2. Tributação

A tributação nos fundos Off-Shore vão depender da sede onde o fundo está localizado, e variam muito de cada país. Dependendo do país, poderão existir benefícios fiscais ou até mesmo a isenção de impostos. Em compensação, existem países onde a carta tributária sobre os rendimentos é alta, inclusive mais alta que a carga brasileira.


3. Vantagens

  • Fundos Off-Shore é a maneira mais fácil de aplicar recursos no exterior;
  • Diversificação – é possível investir em ações no exterior, com diversificação da carteira;
  • Rentabilidade atraente.

4. Desvantagens

  • Geralmente, os fundos Off-Shore exigem valores altos para se investir;
  • Os fundos de investimentos Off-Shore não são garantidos pelo fundo garantidor de crédito;
  • Custos e taxas de administração altas podem afetar a rentabilidade do fundo. É sempre bom perguntar ao gestor quais os custos e taxas no exterior;
  • Variação do dólar pode afetar negativamente a rentabilidade do fundo;
  • Liquidez reduzida em alguns ativos.

Você também poderá gostar...