banner-meus-ynvestimentos

Análise Técnica – Gráfica

analise-tecnica-grafica

A análise técnica, também conhecida como análise gráfica, é uma ferramenta utilizada por alguns investidores para prever a direção futura dos preços dos ativos, baseando-se em dados históricos de preços, oferta e demanda, volumes e posições abertas. Além disso, são utilizados indicadores matemáticos para ajudar na análise gráfica, como médias móveis, estatísticas e outras fórmulas. É a análise técnica que vai dizer ao investidor quando comprar ou vender uma ação, porém ela não é capaz de dizer o porque de comprar ou vender uma ação. Tudo porque a análise gráfica funciona como uma análise de probabilidades de tendência de preços, baseado na ideia de que os preços se repetem, possuindo movimentos padrões repetitivos e identificáveis.

A análise técnica começou a ser desenvolvida por Charles Dow, baseando-se em três premissas:

1. O preço é um reflexo das forças do mercado

Todos os fatores que afetam o preço (notícias, expectativas, análise fundamentalista, boatos, etc) já são imediatamente descontados pelo mercado e refletidos no preço atual de negociação. Logo, o preço praticado pelo mercado de um determinado ativo é seu preço justo, sendo este preço uma antecipação do futuro e não um reflexo do passado.

2. Os preços se movem em tendências

Dow propôs que os preços se movem em tendências ao longo do prazo, sendo a variação do preço não aleatória, movimentando-se em tendências. Logo, a análise técnica visa estudar o movimento destas tendências e tentar prever mudanças a fim de se posicionar no mercado para obter lucros. Os preços podem seguir uma tendência de baixa, de alta ou lateral.

3. O movimento histórico de preços se repete

Os movimentos dos preços se repetem no gráfico ao longo do tempo. Tudo porque os investidores possuem memória e lembram-se dos preços dos ativos quando compraram ou venderam, criando assim padrões de comportamento. Logo, sabem quando o ativo está caro ou barato. A análise técnica tenta identificar esses padrões de comportamento para prever possíveis mudanças de tendências, sendo que certos movimentos indicam sua provável tendência de preços.

A análise técnica consegue identificar muito bem o que ocorreu com um determinado ativo no passado, mas não dá nenhuma certeza do que ocorrerá no futuro. Utilizando a matemática, estatística e padrões no mercado, a análise gráfica trabalha com probabilidades, e não com fatos. Dessa maneira, ela não garante que os preços vão seguir tendências conforme o passado, nem que se há uma indicação de compra, os preços vão, de fato, subir.

Você também poderá gostar...